Se você recebesse uma ligação da casa lotérica dizendo que foi o vencedor da Mega-Sena e irá receber R$45.665.958,83, você deixaria para depois?

Acredito que não. 🙂

A procrastinação é o ato de deixar para depois o que você poderia fazer agora. E isso pode acontecer com qualquer pessoa. Porque é muito fácil cair em procrastinação, principalmente se o que precisa ser feito perde a motivação inicial. O que não é o caso do exemplo anterior.

ilustração de um desenho parecido com um sinal de transito de um trabalhador descansando enquanto fuma

Quando realizamos alguma tarefa normalmente ela está associada a um ganho.

Pode ser de tempo, pode ser financeiro, pode ser referente a saúde, pode ser até mesmo referente a satisfação pessoal.

Enfim, sempre haverá um motivo forte que torne essa tarefa importante para ser executada.

Entretanto, quando uma tarefa não tem a mesma importância, quando ela se torna opcional, sem prazo definido, quando ninguém perceberá sua existência ou necessidade, então ela será facilmente procrastinada.

Deixe-me ilustrar com outro exemplo.

Consequências da Procrastinação

Se você decidiu que deseja ler um livro, porque ler é importante e este livro pode ajudá-lo a melhorar seus conhecimentos, mas ele não é tão relevante na sua situação atual, que exija um prazo rápido a ser cumprido ou que possa causar algum problema caso não seja lido, então você deixará para depois, quando houver uma ocasião perfeita.

Afinal, deixar de ler este livro não compromete o seu bem estar e nem de outras pessoas.

No entanto, se você tivesse que fazer uma tarefa importante, essencial e que não pudesse ser deixada de lado, como por exemplo, pagar a conta do provedor de hospedagem, você certamente faria de tudo para que essa tarefa fosse executada.

Do contrário, deixando para depois, esquecendo e passando do prazo estipulado, as consequências poderiam ser graves. Como bloqueio do acesso de seus leitores ao seu blog ou até mesmo o seu acesso. E os ganhos financeiros diários que você receberia deste blog simplesmente deixariam de existir. Seus lucros desapareceriam. Sua fonte de renda ficaria estagnada. Se esta for apenas a sua fonte de renda.

Como você se sentiria? O que você faria se seus rendimentos parassem de repente, simplesmente porque você procrastinou?

Com certeza estaria ligando para o provedor e querendo saber o que aconteceu.

Independente de qual motivo tivesse levado a isso, você certamente estaria preocupado em resolver o problema.

Logo pagar a conta do provedor de hospedagem é extremamente importante e que deve ser feito dentro dos prazos estabelecidos pelo provedor. É uma tarefa que precisa ser feita todos os meses e sem atrasos. Ou seja, é uma tarefa que não pode ser procrastinada.

Com base nisso, creio que aí esteja um dos grandes motivos que levam a procrastinação.

Por que Procrastinamos?

A resposta pode estar na importância que damos ou não a atividade que precisa ser feita.

Se precisamos executar uma tarefa que é extremamente importante e que não pode ser deixada de lado, uma tarefa que trará um grande benefício, então dificilmente será procrastinada. Logo faremos de tudo para cumprí-la.

Por outro lado, se está mesma tarefa tiver um prazo maior e não for tão urgente assim, se for chata e entediante e não tiver ninguém cobrando pela sua conclusão, corre o grande risco de ser procrastinada.

Portanto, procrastinamos quando há prazos longos e a tarefa a ser executada não foi definida como algo essencial e que traga um benefício imediato para você.

No entanto, há casos em que mesmo uma tarefa sendo extremamente importante acaba sendo procrastinada.

Como por exemplo a saúde física, o bem estar do nosso próprio corpo. Nosso bem mais precioso.

Se precisamos nos exercitar porque foi um conselho médico após um Check-Up rotineiro, com o objetivo de melhorar nossa saúde física, porque estamos numa idade que exige mais cuidados, então será uma atividade que deveremos executar.

Mas geralmente ignoramos o conselho médico e deixamos para fazer este tipo de atividade em outra ocasião. Afinal, estamos nos sentindo bem, podemos fazer depois.

Uma bela desculpa que inventamos para não sairmos da nossa zona de conforto.

Logo só iremos dar a devida importância a esta tarefa quando a situação já estiver no limite. Quando começarmos a ter problemas mais sérios que afetem o nosso dia-a-dia. E é somente por isso que daremos a devida importância para encontrar uma solução. Solução esta que normalmente está em melhorar os hábitos em relação ao uso que fazemos do nosso próprio corpo.

Obeso, não!! Fofinho…

Outro exemplo bem claro quanto a essa questão é a Obesidade.

Já indiquei um dos blogs mais conceituados sobre emagrecimento (o Emagrecer de Vez do Rodrigo Polesso) para alguns amigos que me perguntavam sobre o assunto e mesmo assim eles deixavam para depois.

Ao questioná-los sobre o porquê de tal atitude, descobri que devido ao excesso de informações (!) contidas no blog, eles alegavam não ter tempo para ler tudo aquilo, e preferiam deixar para depois. Ou seja, caiam em procrastinação.

Ter que estudar bastante sobre o tema gerava uma desmotivação muito grande e desistiam. Da mesma forma que desistem quando precisam frequentar uma academia. Consideram isso muito chato.

Na minha opinião, eles não estavam tão preocupados assim com aquelas informações. Queriam sim saber o que fazer para melhorar sua saúde física, mas de uma maneira rápida e prática, quase como num passe de mágica. Desta forma, como sua condição ainda não gerava problemas mais graves, eles podiam se dar ao luxo de procrastinar sobre o assunto. Logo não davam a devida importância ao conteúdo do blog.

A Melhor Maneira para Não Procrastinar

Assim, cheguei a conclusão que a melhor maneira de não procrastinar é definir exatamente qual o grau de importância que você dará as tarefas que precisa fazer. O quão urgente e fatal essa tarefa se tornará.

Se para você a tarefa a ser executada for extremamente importante, como pagar a mensalidade do seu provedor de hospedagem ou ter uma alimentação saudável porque sua vida depende disso, certamente será executada. Do contrário fatalmente irá procrastinar.

Toda tarefa não executada que cause transtornos, problemas financeiros ou de saúde física, torna-se uma tarefa importante que não vamos deixar para depois. Mas aquela que consideramos que pode ser postergada, deixada de lado, por um ou mais dias, geralmente sofrerá com a procrastinação.

Logo, se você não deseja cair em procrastinação, ou, se você não quer que uma tarefa que poderia ser resolvida rapidamente, se torne um enorme problema, a melhor maneira é levar a sério a tarefa que precisa ser executada e torná-la extremamente importante para você.

Outra forma de lidar com isso é ver o lado bom que a execução desta tarefa trará. Quais os benefícios que você irá ganhar ao realizar a tarefa.

Quanto mais rápido você resolver esta questão, mais rápido terá sua recompensa.

Será fácil?

Não.

Será impossível?

Também não.

Mas você realmente precisa assumir a responsabilidade em cumprir suas tarefas para não sofrer consequências graves.

Pense nisso.

Este tema é bastante abrangente, falei aqui somente por um ponto de vista da procrastinação. Existem muitos outros. Se você tiver mais exemplos de procrastinação, por favor, deixe um comentário e conte sua versão. Com certeza será de grande ajuda.

Forte abraço,

Sucesso Sempre.

Pin It on Pinterest

Share This

Gostou? Compartilhe...

Divulgue para os seus amigos!!