Rui Gabriel – Internet Marketing

Entrevistas de Sucesso - Rui Gabriel

Rui Gabriel

U m Profissional bem humorado, curioso e que está sempre a procura de aprender e fazer algo novo. Capaz de trazer muita informação para ajudar todos que querem se desenvolver Pessoal e Profissionalmente.

Você pode encontrá-lo nas seguintes redes sociais:

Facebook Twitter Google+
1. Como começou no internet marketing / marketing de rede?

Comecei com o Marketing de Rede suportado pela Internet em 2005. Não era propriamente Internet Marketing, pois a forma de fazer o negócio era a tradicional. A Internet servia simplesmente para trazer contactos, mais ou menos qualificados.

Em 2008 fui desafiado pelo Sílvio Fortunato a participar na criação de um sistema de Internet marketing, usando o Marketing de Atracção. Esse sistema haveria de chamar-se The Magnet System e é um dos mais populares actualmente em língua portuguesa.

2. Qual foi seu primeiro post no blog? Qual era o assunto?

Não recordo qual o meu primeiro post. E nem qual o meu primeiro blog, fiz várias experiências no Blogspot em 2009. Uma delas deu origem ao Frases Poderosas, um dos blogues que mais resultados me traz actualmente.

3. Qual foi seu maior erro?

Essa é fácil: pensar que conseguiria algo significativo sozinho. É claro que podes ganhar uns poucos milhares de euros por mês com a internet, mas renda verdadeira, residual mesmo, não tens chance: sozinho não vais lá.

4. O que aprendeu com ele?

Para mim a Internet é um meio de fazer marketing. E marketing não é somente vender coisas, nem ganhar comissões: é relacionamento, dar e receber valor, amizade, desenvolvimento pessoal. Criar uma “tribo” de pessoas com os mesmos princípios e valores, unida numa missão e que possa ter um impacto positivo noutras pessoas.

Esta é uma missão que eu não conhecia enquanto andava sozinho. Ganhava dinheiro, fiz os meus próprios produtos e vendia-os com sucesso, mas não tinha uma missão nem participava de nada maior que eu.

5. Qual foi seu maior acerto?

Um dia tomei uma decisão “ridícula”: a de dizer “sim” a todos os desafios que eu sentisse que eram positivos na minha vida. Um dia hás-de experimentar: é libertador!

Foi assim que deixei de fumar, de ingerir bebidas com álcool. Foi assim que comecei a fazer exercício, a perder peso, e foi assim que abracei o desafio de correr uma maratona no ano em que faça 50 anos. Estou a preparar-me diariamente para isso.

No que diz respeito aos negócios, procurei quem tivesse os mesmos desejos de liberdade financeira, e os mesmos princípios e valores: valor do indivíduo, igualdade, liberdade, amizade e gratidão. Com estes ingredientes tudo passou para outro nível em pouco mais de 1 ano.

6. Que dica pode passar para os iniciantes?

Um blogueiro, bloga. Sempre. todos os dias. Mas tem de ter uma intenção, um objectivo muito bem definido e mentores que honestamente o queiram ajudar. Depois tem de ter um plano de acção que ele saiba que o vai levar ao objectivo.

Antigamente podia gastar o seu tempo com “tentativas e erros” mas hoje o mercado é tão competitivo que não há margem para muitos erros e não há lugar para amadores. É claro estou a dirigir-me a pessoas que queiram desenvolver-se como empreendedores reconhecidos, apreciados… e muito bem pagos, naturalmente. Há lugar para amadores, mas esses não ganham dinheiro que se veja, nem se desenvolvem grande coisa, pelo menos enquanto forem amadores.

7. O que um iniciante deve fazer?

Procura na internet alguém com quem te identifiques. Cujos conteúdos, forma de estar e de falar, filosofia de negócio se identifique com o que tu gostarias de fazer, ter ou ser. Se te quiserem mesmo apoiar, verifica se são genuínos, fala com pessoas próximas e faz perguntas. Verifica se pertencem a um grupo que se apoie ou se são “lobos solitários”. Se o forem não te irão ajudar, mas se trabalharem numa equipa unida aí já serão boas notícias para ti. Irás poupar milhares de euros e meses ou anos de trabalho.

8. O que um iniciante nunca deve fazer?

O maior erro é pensar que sabe tudo e que conseguirá ter sucesso sozinho. Isolar-se e não investir em si mesmo é o pior que qualquer profissional em qualquer área pode cometer. É verdadeiro suicídio profissional.

9. Como conseguiu seu primeiro comentário no blog?

Não recordo do meu primeiro comentário, mas para mim são inesquecíveis os comentários que recebi quando da publicação do meu primeiro ebook, dirigido a empresários de marketing de rede e que se chama “Você Vai Ficar Rico? Em Principio Não!” e que coloquei na página de acesso em The Magnet System Network.

10. Qual seu infoproduto/curso?

Tenho a Academia do Sucesso que proporciona ferramentas e treino em Marketing Pessoal, sou um dos fundadores do Magnet System, que é o sistema líder e pioneiro em Internet Marketing de língua portuguesa e o meu negócio principal é o Marketing de Rede. Mas o meu produto mesmo é o Sistema de Desenvolvimento de Pessoas que inclui tudo o que falei acima e tem como missão:

  • Desenvolvimento Pessoal (capacitação em todas as áreas de vida);
  • Contribuição Social (partilhar bens e conhecimento com quem tem menos que nós);
  • Independência financeira (monetização de todos os processos e partilha de rendimentos residuais).

Aprendi nos meus últimos 7 anos como profissional de marketing online que quem procura oportunidades, encontra oportunistas. Mas quem procura sistemas, encontra abundância pessoal em todos os aspectos da vida.

Considerações Finais

Gostaria de agradecer ao Rui Gabriel por compartilhar suas experiências com todos que estão em busca do Sucesso. Certamente sua participação aqui no Entrevistas de Sucesso irá agregar muito valor ao conteúdo deste blog levando mais informações para todos. Muito obrigado!

E você, o que achou desta entrevista? Responda nos comentários. 😉

Forte abraço,

Sucesso Sempre

Pin It on Pinterest

Share This

Gostou? Compartilhe...

Divulgue para os seus amigos!!